MÃE

MÃE

 

Mulher que ostenta no peito

A medalha do amor!

Mulher que sofre,

Se aborrece,

Sorri e desabrocha como flor!


Mãe... Mulher...

Palavras diferentes

Que se tornam dependentes.

Pra ser Mãe tem que ser mulher

E pra ser mulher é bom que seja Mãe!


Mãe que rega com os seios os lábios da criança,

Seus atos e palavras são do mais puro amor.

Heroína da pequena vida em esperança,

Conduzindo nos braços o seu filho,

Seja de que idade for!


Mãe que não dorme, adoecendo-se com o filho,

Verdadeira sentinela de fé intocável!

Seu filho será sempre um bebê,

Porque o seu amor é maior que o crescimento,

Seu amor é inigualável!


Sim, você é Mãe!

Se não sabe,

Seu filho chora com a sua dor.

Porque Mãe não é um brinquedo,

Não se encontra em grandes lojas,

Não se aluga,

Não se empresta,

Enfim, não se comercializa.

Mãe é íntimo e pessoal,

É como o sorriso,

Nenhum outro é igual.


Mãe que está num leito hospitalar...

Mãe que, sem memória, vaga pelo mundo...

Mãe embriagada e caída na sarjeta...

Mãe que flutua na ficção assassínia das drogas...

Mãe que se estermina na fantasia da prostituição...

Mãe que trilha os caminhos do Senhor...

Independentemente de seus atos e procedências,

É Mãe!


Imortal aos olhos de todo o mundo,

Pois nem mesmo o impacto da morte

Consegue apagar sua imagem

Do coração do seu filho!


 

Translate this Page
ENQUETE
VOCÊ ACHA QUE DEVE HAVER PENA DE MORTE NO BRASIL?
Sim
Não
Talvez
Ver Resultados

Rating: 2.7/5 (160 votos)



ONLINE
1





LER É CULTURA, PLAGIAR É CRIME!

OBRIGADO PELA VISITA!

 

Número de Visitantes: